Artigos

Você sabe o que é Credito de JAM? Entenda mais sobre o assunto

Tempo estimado de leitura:
3
minuto(s)

A sigla FGTS significa Fundo Garantidor do Tempo de Serviço, um benefício dado aos trabalhadores do Brasil. Entretanto, o extrato deste fundo pode conter muitas informações e confundir aqueles que precisam recorrer a ele. Uma dúvida frequente, por exemplo, é: “o que é Crédito de JAM?”.

JAM é a sigla para Juros e Atualização Monetária. Trata-se de um valor somado ao montante depositado no FGTS. Em geral, o Crédito JAM é formado pelas correções causadas pela inflação e pelo rendimento gerado pelo FGTS. 

Sendo assim, como calcular esses juros? Quais são os tipos de “saque JAM”? De que forma eles impactam o saque do FGTS? ? Confira a resposta para essas e muitas outras perguntas nos tópicos a seguir. Sabendo o que é Crédito JAM, você consegue administrar suas finanças da melhor forma possível.

Explicando o FGTS 

Como mencionado, o Crédito JAM está ligado ao Fundo Garantidor do Tempo de Serviço (FGTS). Portanto, antes de mais nada, é importante entender o funcionamento deste benefício. 

O FGTS é disponibilizado pela Caixa Econômica Federal e funciona como um tipo de poupança. A cada mês, a empresa empregadora deve depositar parte do salário dos funcionários (8%) no fundo. Assim, ao ser dispensado sem justa causa, o trabalhador tem o direito de solicitar os valores do fundo. 

O fundo é formado a partir das parcelas mensais depositadas pela empregadora durante o tempo de serviço prestado pelo funcionário. Além da demissão sem justa causa, algumas situações em que é possível resgatar o FGTS são: aposentadoria, problemas de saúde ou compra da casa própria. 

Ainda há a opção de resgate conhecida como “saque-aniversário”. Nela, o trabalhador pode resgatar uma parcela do FGTS anualmente, de acordo com a data do aniversário. Se a opção não for selecionada, o resgate só será possível mediante situações emergenciais. De forma geral, têm direito ao fundo:

  • atletas profissionais;
  • empregados domésticos;
  • funcionários contratados no regime CLT;
  • operários rurais temporários;
  • trabalhadores avulsos, intermitentes, rurais e temporários.

Aplicados ao FGTS, estão alguns rendimentos e taxas de reajustes decorrentes da inflação, conhecidos como Juros e Atualização Monetária. Assim, a partir de agora, ao identificá-los, você entenderá facilmente o que é Crédito de JAM. 

JAM 

Como explicado, o Fundo Garantidor de Tempo de Serviços está sujeito a Juros e Atualização Monetária (o que é Crédito de JAM no extrato do FGTS). Este crédito é calculado a partir da somatória de ajustes realizados pela TR (Taxa Referencial) e pelos juros remuneratórios.

Portanto, saiba que o status “saque JAM” que aparece na sua conta indica os rendimentos gerados pelo FGTS. É a partir deles que você pode contabilizar o lucro gerado pelo fundo. 

Como utilizar o FGTS? 

Você já sabe como sacar o Crédito JAM do FGTS. Em todo caso, vale ressaltar em quais situações isso é possível: aposentadoria, demissão sem justa causa, rescisão por acordo, falecimento do colaborador, falência da empresa, doenças graves do trabalhador ou dos dependentes. 

Sabemos que muitas pessoas utilizam o FGTS como possibilitador na realização de alguns sonhos. Assim, depois de explicarmos o que é Crédito de JAM e como ele influencia o Fundo Garantidor, listamos formas inteligentes para o uso desses benefícios.

1. Pague suas dívidas 

Antes de arcar com novos compromissos financeiros, procure livrar-se das suas dívidas anteriores. O saque do FGTS pode ser um facilitador neste sentido, transformando-se em uma oportunidade de negociar ou amortizar dívidas caso você não consiga quitá-las.

Aqui, a principal dica é quitar primeiro aquelas com taxas de juros mais altos, que podem ser o caso de: cheques especiais, cartões de crédito ou até empréstimos. Sabemos que os juros compostos podem ser vilões nessa hora, então aproveite para quitar aquelas que são mais difíceis de pagar. 

 2. Crie uma reserva para emergências 

Ter uma reserva de emergência é uma das principais tarefas dadas pelos educadores financeiros. Afinal, quem não passa por dificuldades financeiras em um momento da vida? Com a reserva, esses problemas são enfrentados de forma mais leve e tranquila.

O fundo deve ser aplicado em investimentos de baixo risco e alta liquidez. Neste caso, não procure maiores rendimentos, mas algo seguro para você utilizar de forma rápida.

3. Faça uma aposentadoria privada 

Depender apenas do INSS pode ser um grande risco para o seu futuro. Com a aposentadoria privada, você tem um futuro mais tranquilo e ainda pode contar com diversas vantagens. Não esqueça de verificar quais opções mais se encaixam no seu perfil!

 4. Saia do aluguel 

A compra do próprio imóvel é um dos principais motivos de utilização do saque do FGTS. Ele também pode ser usado para pagar pelos materiais de construção.

Além disso, você pode utilizar o FGTS na entrada de um financiamento. Assim, você pode usar os valores para quitar o imóvel ou parte da dívida. Assim como nos financiamentos, ele pode ser utilizado em um consórcio imobiliário, em que pode contar com taxas menores que os financiamentos.

Entenda seus direitos com a ajuda do Sua Saúde Financeira

Esperamos que agora esteja claro o que é Crédito de Jam e de que forma ele é importante para sua vida. Aqui, no Sua Saúde Financeira, sanamos todas as dúvidas que você possa ter sobre seu próprio dinheiro. Por isso, não deixe de conferir nossos outros conteúdos exclusivos.

Tem interesse em algum outro conteúdo mas não achou?

Envie uma sugestão

Sugestão de conteúdo

    X